Tempo De Modelos

John locke e o ensaio sobre diversidade cultural O viciado em hábitos de português da prof

Criação das condições que fornecem interesse da população em privatização e manutenção deste interesse em processo da sua realização. Infelizmente, o volume a população não tem tal interesse. Fala como a falta da definição exata de oportunidades da aplicação de certificados de propriedade de privatização no decorrer da privatização e impossibilidade no de uma discrição para desfazer-se deles (para vender, apresentar, etc.). Os certificados só consideram-se como oportunidade de adquirir ações das empresas - e ele já um elemento da privatização obrigatória.

Para superar de contradições que reprimem o desenvolvimento de um mecanismo de mercado, a forma mais eficaz da organização da produção nas primeiras etapas da privatização é a criação de companhias anônimas que dividem os fornecedores da matéria prima que processa as empresas e as empresas da infraestrutura seriam.

Já que o funcionamento bem sucedido das empresas nas condições da economia de mercado é especialmente importante não só a sua privatização e privatização, mas também associações da capital e esforços dos coletivos de trabalho dirigidos ao aumento do seu regresso. Com base em tal concentração de recursos e as capacidades das produções de vário perfil será possível manobrar meios, acelerar NTP, abaixar o material de despesas e uma mão-de-obra.

o tipo aberto - os estoques da empresa que pode tornar-se como física (as empresas de trabalho separam cidadãos e entidades legais (as empresas, propriedades e t). Neste caso os membros do coletivo de trabalho têm a oportunidade de adquirir a parte de ações pelo seu valor de paridade, mas não pela taxa da bolsa de valores. O sinal, geral para ambas as formas organizacionais, é carga de dividendos tanto no estoque do coletivo de trabalho, como no estoque da empresa.

A empresa de aluguel com a propriedade de ação ("empresa nacional") ao qual são inerentes, exceto o alto nível de posse coletiva e gestão tem o grau mais pequeno da eficiência (todos "são iguais" também uma condição da realização da prosperidade a todo o mundo só é pessoal coço-me: eficiência baixa de investimentos em produção, possibilidade baixa de aumento rápido de eficiência de produção, o nível mais baixo de responsabilidade econômica e interesse de coletivo, os termos mais longos de retribuição da empresa.

Agora arrendando chamada as relações de propriedade que se desenvolvem assim: uma organização (usuário) apela a outro (arrendamento de companhia) para adquirir o equipamento necessário para ele e transferi-lo para ele ao uso temporário. A companhia de aluguel não pode ser (então as suas funções vão se executar pela companhia industrial), mas praticamente todas as grandes companhias de fabricação têm-o.

Cada uma das formas organizacionais e econômicas chamadas da privatização tem tanto as vantagens como certas faltas. Os últimos são o resultado da ação em fatores subjetivos e objetivos na hora da sua privatização e inclusive dependem de: nível de desenvolvimento das empresas, eficiência do seu funcionamento; condições de ativo fixo, base material; e infra-estrutura social; clima psicológico em coletivo, a sua vontade e a direção; potencial de existência o proprietário (ao nível do rendimento pessoal e economias) - membros de coletivo de trabalho; proporções de forças formais e informais no poder de, etc.

Natureza coletiva de gestão de produção. Para coletivos de aluguel com propriedade anônima do tipo fechado e propriedade de ação o corpo supremo da gestão é a reunião geral dos seus membros. A gestão da atividade atual executa-se pelo chefe eleito pelo coletivo. Para o coletivo de aluguel com a propriedade anônima do tipo aberto o princípio conjunto e anônimo da gestão - uma combinação da vontade do coletivo de trabalho à vontade de acionistas, os proprietários de uma estaca de controle ao turno gradual de verdadeiras funções da gestão a favor do último são característicos.

Assim é necessário considerar que em condições modernas por causa de faltas da organização de preparação, transporte e armazenamento da matéria prima, por causa de um nível tecnológico baixo da infraestrutura muitas empresas se esfalfam não se provêem completamente da matéria prima qualitativa. Além disso, para muitos subsetores de um pishcheprom o alto custo do ativo fixo da produção que complica a retribuição da sua propriedade por coletivos de trabalho é característico.